logo joao pessoa bairros  Noticias

Banne Busca Preto

'Povo tem que ir para a rua', conclama radialista após anúncio de aumento abusivo de passagens

1484753397192-onibus-lotadoO radialista Nilvan Ferreira durante editorial no programa Rádio Verdade da Arapuan FM nesta quarta-feira (18), reclamou do reajuste nas passagens de ônibus de João Pessoa, que foi divulgado hoje, tachou de abusivo, conclamou a população às ruas e pediu ao prefeito que não sancione este 'aumento abusivo'.

Uma reunião acontece na próxima sexta-feira (20) com o Conselho de Transportes de João Pessoa e de acordo com estudo a ser apresentado no conselho à passagem deve sofrer um reajuste entre 11% e 14%.

“Se fizermos uma projeção do salário do motorista o preço da passagem vai de R$ 3 para R$ 3,40”, disse o superintende da Mobilidade Urbana da Capital Carlos Batinga.

Nilvan reclamou do aumento tachando de abusivo e acrescentou cobrando as entidades estudantis a lutar contra, conclamando também o povo às ruas para protestar.

De acordo com Batinga, há um acordo firmado com as empresas de ônibus para que a o realinhamento de preços seja feito todo o mês de janeiro.

Ainda de acordo com relatório da Semob, a ser apresentado, o conselho é quem dará a palavra final para definir o preço das passagens dos ônibus coletivos da Capital. O valor entra em vigor sem a necessidade de passar pela sanção do prefeito de João Pessoa.

Batinga disse que em contrapartida os empresários assumem o compromisso de renovar a frota de 96 ônibus neste ano. “No ano passado, por exemplo, 91 ônibus novos foram incorporados à frota”, lembra.

Na semana passada, Carlos Batinga já havia chamado a atenção de que os preços das passagens subiriam mais do que a inflação registrada no ano passado, em torno dos 7%. Já o índice inflacionário no setor transporte ficou na faixa de 20%.

O superintendente da Semob apontou os constantes aumentos no preço do óleo diesel como o principal vilão para o reajuste.

FONTE: Paraiba.com.br